sexta-feira, 8 de maio de 2009

Guilherme é meu cúmplice

Hoje eu não queria fazer nada além de curtir o dia inteiro ao lado desse carinha aí. Brincar, ir pro cinema, contar história - ele adora ouvir histórias, nem que eu invente na hora -, gastar o tempo juntos. Infelizmente a agenda dele e a minha já não permitem mais. Diferente daquela segunda feira de 9 anos atrás, quando ele começou anunciar sua chegada quando o dia ainda nem tinha chegado e só chegou as 15:45, temos muito o que fazer ao longo do dia. Ele, tanto quanto eu, tem sua rotina de brincadeiras, de leitura, de estudo, da escola e até de não fazer nada. Mas foi gastar parte desse dia dele com a Vovó Eridan, já que a Cláudia, mãe dele, também tem um dia cheio de afazeres. Garanto que nem ele, nem a avó acharam ruim, afinal os dois se curtem muito e sei que vai ter até um bolinha com velas, porque a festa mesmo vai ser amnhã. Coisas de agenda, né?

Tô aqui com certa dificuldade pra escrever porque fico mesmo emocionado ao falar sobre o Guilherme e do que ele representa pra mim. Lembrei agora daquela tarde do dia 08 de maio de 2000, quando o século XXI tava começando a chegar, em que eu vi nascer o meu menino. Acompanhei tudo, fiz muitas fotos, chameguei meu filhote desde que nasceu. E aqui todo mundo sabe quem é a criatura mais importante na minha vida. Um dos muitos telefonemas de parabéns que recebi foi o do Aldo Rebelo que, cheio de bom humor, perguntou se ao dar esse nome pro meu filho eu tava querendo proteção, já que Guilherme vem do germânico Wilhelm e significaria "elmo voluntarioso" ou "protetor decidido". Não busquei bem proteção em meu filho, mas com certeza abrigo em nossa relação de pai e filho uma amizade meio cúmplice, que nos proteje de muita coisa e nos garante uma vida muito legal. Somos pai e filho, somos amigos, somos cúmplices na vida e é assim que vivemos muito felizes.


5 comentários:

Fernanda disse...

Haja espaço aqui pra tantos PARABÉNS.

O primeiro, sem dúvida é pro Guilherme que tá fazendo 9 anos.

O segundo é pro Inácio que estreou como pai também há 9 anos e a cada dia fica mais babão.

E o terceiro é pra esse Blog aqui que está completando 1 ano e tem sido parada obrigatória pra muita gente.
Vida longa ao Do Carvalho!!!

Soninha disse...

Parabéns, Gui!

Kaká Albuquerque disse...

Grande Inácio, obrigado pela visita. É uma satisfação acompanhar as idéias de gente que pensa como a gente, e que luta para vê-las aplicadas. Parabéns ao Filhão.
Abraço

Renata Mielli disse...

E, eu, que vergonha, fui um dos obstáculos que privou você de estar todo o dia com o seu filhote. Mais uma vez e daqui uma reverência ao pai e ao filho - ambos corujas não é mesmo! beijos

Inácio Carvalho disse...

Cês num sabem como fico grato com tanta doçura e carinho de vocês, Fernanda, Soninha e Renatinha, por esse meu menino. Sou assim, chamegado por quem gosto, e como dele gosto mais que tudo, a coisa é mais demais ainda. Obrigado mesmo.

Renatinha, cê num foi obstáculo coisa alguma. O Gui também é sabedor da vida cheia de agendas, reuniões, debates e outros compromissos do "Papa dele.