quinta-feira, 9 de abril de 2009

história boa



Agora me dê licença que eu vou tirar uns dias pra num chegar nem perto dum computador, ficar de papo pro ar tomando uma na beira duma piscina e relaxar muito. Mas deixo mais um causo sensacional do Jessier Quirino. Divirta-se com um matuto contando uma ida ao cinema.

Um comentário:

fernanda disse...

Esse Jessier é bom demais, mas eu fico é com a interpretação do Joan, que se revelou um artrista interpretativo de primeira de nivel internacional do estrangeiro, e digo mais: numseiquelá numseiquelá numseiquelá o queeeeee!!!