quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Brasileiro de Moçambique

Ontem a noite, quando fui buscá-lo no colégio, o Guilherme (na foto, como pajem e atento ao casário da Lulu e do João )mninventou uma brincadeira em que tínhamos que dizer o nome de pelo menos uma pessoa de um país. Nem sei por quantos países andamos, mas a certa altura eu tava perdendop por 2 a 0 porque não consegui dizer o nome de alguém de Porto Rico e de um outro país que não lembro agora o nome (será a idade?). A parada tava dura mesmo e consegui pelo menos empatar o jogo. A certa altura, ainda atrás no placar, citei Moçambique, pensando no grande líder revolucionário Samora Machel e imaginando que ia tirar a vantagem do meu pirralho sobre mim. O cara nem vacilou e disse um nome: "Benjamim!!" E eu perguntei logo quem era pra ouvir uma resposta gozação: "Pai, o marido da Sâmia, que trabalha contigo. Esqueceu?"

Pois é, eu lá lembrava que o Benjamim num era brasileiro!

Um comentário:

Samia Helena disse...

Realmente meu querido amigo..tou pra ver um afro-luso mais brasileiro do que o meu Benjamim...e o seu Guin hein??..se superando...adorei...

Bjs nos dois...