quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Um cara de muito VALor



Que tal bater papo com um dos fundadores, ao lado do Zé Celso Martinez Corrêa, entre outros, do Teatro Oficina e do Teatro Arena, responsáveis por uma reviravolta no teatro brasileiro? O mesmo cara é responsável pelo lançamento de gente como Jorge Mautner - "Quem primeiro me lançou no mundo da MPB foi o empresário Moracy do Val, justamente no ano de 1965, meses antes do meu exílio" -, por produzir Arrigo Barnabé, Guilherme Arantes e trazer ao Brasil Duke Ellington, Dizzy Gillespie, Paco de Lucia, Antonio Gades e Astor Piazzola, entre outros. Foi ele quem levou o Pessoal do Ceará pra gravar o disco antológico que projetou aquela turma toda. E pra quem achar pouco, Moracy do Val (o pai da Fernanda do Val, de quem eu quero um bem danado) foi só o responsável pelo lançamento do Secos e Molhados, que dispensa apresentações, né? (Se você prestar atenção no início desse vídeo é o Moracy quem avisa que o show vai começar em 5 minutos)

O cara tem uma impressionante folha de serviços prestados e, de quebra tem um papo muito agradável, é inquieto e continua com uma usina de idéias funcionando dentro da cabeça. Em julho do ano passado e há poucos dias, fiquei horas conversando e "tomando umas" com o Moracy sobre histórias da música e do meio artistico. Alguns dos protagonistas eram João Gilberto ("ele me ligava de Nova Iorque, em plena madrugada, e ficava batendo papo"), Miúcha, Baden Powel, Nara Leão, Maysa ("era a mulher mais linda e também a mais feia"),Toquinho, Vinícius de Moraes ("a gente ia tomar uns whiskies na apartamento dele no Rio e ficava a noite tocando"), Ignácio de Loyola Brandão ("dividimos um apartamento na Praça Roosevelt"), Flávio Rangel, Vladimir Herzog, Chico Anysio e até Leônidas da Silva, o Diamante Negro, que conheceu na redação do jornal em que trabalhava como repórter esportivo. Um detalhe muito legal é que a Sylvia, ex-mulher dele, participou de muitas dessas histórias, e dos nossos papos, e nessas duas ocasiões me encantaram pela maturidade, a naturalidade e uma sintonia grande, mesmo que estejam separados.

Eu teria de escrever muito aqui pra falar sobre o Moracy ( há 919 citações sobre ele na pesquisa do Google), que tá num gás danado com o lançamento da nova versão do filme O Menino da Porteira, mas eu achei uma entrevista dele concedida à revista POP em setembro de 1974,(eita que eu tenho saudade dessa publicação!) quando o Secos e Molhados foi extinto, que vale à pena ser lida porque é bem esclarecedora. Além disso, de vez em quando vou contar alguma história publicável que ele me contou.

MORACY: “A GANÂNCIA ESTRAGOU TUDO!

Moracy do Val, ex-empresário dos Secos e Molhados, estava na porta do circo onde está apresentando Godspell, no Rio, quando chegou Gérson Conrad com um jornal na mão: “Olha, o conjunto acabou. Vim pra te comunicar pessoalmente”. E não falou mais nada. Mas Moracy abriu o jogo.

POP - Você, que foi acusado de má administração, como é que está se sentindo agora?

Moracy - Moralmente restabelecido, embora um pouco triste. Enquanto es­tive à frente do grupo, o faturamento era excelente e ninguém chiava por causa de dinheiro.

POP - Então que vem a ser a sua má administração?

Moracy - Foi a forma mau-caráter que pai (João Apolinário) e filho (João Ricardo) inventaram para meter a mão no tutu do grupo.

POP - Quem foi o responsável pela sua saída?

Moracy - A ganância de João Ricardo. Ele transformou os Secos e Molhados numa máquina de ganhar dinheiro em seu próprio beneficio.

POP - Como assim?

Moracy - Em princípio, não reconhecia o talento de Gérson como compositor. Até aí parece que é só vaidade. Mas não é. O grilo está nos direitos autorais, que rendem dinheiro.

POP - E por que o Gérson só chiou agora?

Moracy - Antes ele já chiava, sim, mas só de leve.

POP - E como era que o Ney reagia?

Moracy - Ele é uma figura humana sensacional e um excelente profissional. Ele calou muitas vezes para não precipitar os acontecimentos. Mas ficava muito triste e magoado.


Se você ver a fim de ler a versão do João Ricardo, clique aqui

3 comentários:

Zé Wellington disse...

Olha lá, mais um blogueiro barulhando... Resolvi passar para dar uma olhada por aqui depois de tanto receber e-mails e não ter oportunidade de vir aqui.

Esse "O menino da porteira" original era com o Sérgio Reis, confere? Só fiquei encucado de colocar o Daniel no lugar dele... Preferia que um ator fizesse esse papel... hehe...

Inácio Carvalho disse...

oi Zé, como tá tu?

Até quinfim, né meu chapa?Tava vendo a hora tu nem dar as cara puraqui.

Cê tem razão, o original era com o Sérgio Reis mesmo, que também era só cantor, assim como o Daniel. Como me disse a Fernanda, filha do Moracy, este sempre pensou no cantor para o filme novo, do mesmo jeito que o fez há trinta e tantos anos, afinal o argumento é justamente a música que dá nome à película. E te digo, o cabra num compromete não, até que tá bem.

Força de Expressão disse...

Olá inácio. Eu sou o José Ricardo Praça. Que foi funcionário da empresa Reserva Especial de Moracy Ribeiro do Val e Antonio Carlos Raele. Depois de 9 meses trabalhando com eles, fui sócio de uma locadora de video com moracy e raele. Meu sonho na época era essa locadora e moracy foi quem me ajudou.
Eu não passo um dia sequer da minha vida sem agradecer ao Moracy, pois eu o tinha e ainda tenho como se fosse um pai. Lembro-me que nos finais do expediente a gente ia tomar cerveja em alguma pizzaria proximo a reserva, e eu aprendi muito da vida ouvindo as coisas que o moracy e o raele me diziam. Embora eu era muito imaturo na epoca não aplicava o que me ensivam.. sabe aquelas coisas de jovens aborrecentes... Hoje eu tenho 40 anos. E me lembro perfeitamente das palavras do moracy... E sempre quando vou repassar algo que era deles...eu sempre digo...
Já dizia um grande homem (Moracy)...

Olha o Moracy é um homem muito iluminado... Esse cara luta muito, e o mais legal dele é que mais vale pra ele superar os obstaculos e vencer desafios do que o retorno financeiro.. ELE É UM CARA DETERMINADO E QUE ACREDITA !!
Olha ele é sensacional...

SE VOCE TIVER CONTATO COM ELE, MANDE MEU E-MAIL PRA ELE...

FIQUEI MUITO CONTENTE AO LER SEU POST E VER VC REVERENCIAR O MORACY, ELE MERECE MUITO !!!

PARABENS AO MORACY PELO REMAKE DO FILME "O MENINO DA PORTEIRA", NÃO CARECE DE DE DESEJAR SUCESSO... POIS O SUCESSO JÁ É CERTO...

COMO ELE COSTUMA DIZER:

VAI SER UMA MARAVILHA !!! RSRS

ABRAÇOS

JOSE RICARDO PRAÇA
WWW.FORCADEEXPRESSAO.COM
E-MAIL: jrp.ricardo@gmail.com