terça-feira, 10 de junho de 2008

Pra quem o Fantástico mente?

Santana do Acaraú fica a menos de 40 km de Sobral e pra mim era mais perto ainda porque eu tinha vários amigos e colegas de sala no Colégio Sobralense que eram de lá. A primeira vez que fui por lá foi num sábado de julho de 1981, num dos dez dias de festas dedicados a padroeira da cidade. Fui numa garupa de moto, com o Sales Neto, cunhado do meu amigo João Rodrigues. Ao voltar, com o domingo já quase amanhecido, só escapei vivo duma sobrada na primeira curva porque estava com capacete que me protegia toda a cabeça. Ainda fui parar na Santa Casa de Sobral pra ver se minha cabeça era mesmo dura e se o desmaio com a queda num tinha provocado nada mais sério. Tava inteiro, mas passei um bocado de dias com o corpo doido que nem prestava. Dali em diante resolvi: se eu já num gostava de sair pra festas em outras cidades vizinhas, agora era definitivo, nunca mais faria uma besteira daquelas.

Pois bem, Santana do Acaraú nunca mais passou pela minha vida, ou eu nunca mais passei por ela. Só que há uns cinco anos atrás o João Ananias, que tinha sido prefeito de lá, veio pro PCdoB. Com o “Jão” – é assim o jeito que o Patinhas pronuncia o nome do atual Secretário de Saúde do Ceará - vieram outros companheiros, inclusive o então vice prefeito da cidade, Totonho Arcanjo. Em 2004 Totonho entrou para a história como o primeiro prefeito comunista eleito no Ceará. Pois num é que domingo passado a nossa Santana foi parar numa longa matéria do Fantástico? E uma materiazinha muito da sacana.

A Globo, que no Ceará tem um núcleo na TV Verdes Mares com dois repórteres – Aline Oliveira e Alessandro Torres – mandou um dos seus repórteres investigativos só pra fazer uma reportagem sobre denúncias de supostas irregularidades da Prefeitura. Assim que soube da presença da equipe global, Totonho se colocou a disposição para prestar todos os esclarecimentos, mas só depois de muita insistência, o repórter, cheio de má vontade, concordou em ouvir o prefeito por meio do núcleo local da “Toda Poderosa”. O curioso é que enquanto estiveram na cidade os globais teve o apoio e usou como fonte justamente os adversários políticos do Totonho comandados por um tal de Sabino ( que já foi do PSOL, do PT, agora ta no PMDB e tem o apoio do deputado estadual tucano Rogério Aguiar, um cabra tão idôneo que por precaução registrou a candidatura do seu “Juninho” pro caso do TRE não aceitar seu registro). Tava na cara que ia faltar insenção e profissionalismo na reportagem, mas sobraria muita patifaria.

Num deu outra! O Fantástico disse que foram desviados para “empresas de fachada” pelo menos 1 milhão e setecentos mil reais, mas nem se preocupou em saber se as obras foram realizadas. Aqui os argumentos dos adversários políticos do Totonho valeram mais do que o fato das obras todas terem sido executadas ou estarem em execução. Disseram também que três empresas ganham a maior parte das licitações e na verdades muitas outras também realizam obras na cidade e muito mais outras participaram das 26 licitações de obras executadas na cidade entre 2005 e 2007. Eita povin sacana!

Pra mim, que sou muito puto com injustiça, a sacanagem maior foi insinuar que o Totonho tinha algo a ver com o atentado praticado contra o vereador Chico Carneiro em que sua mulher, Maria do Socorro, acabou morrendo 26 dias depois.( Tire sua conclusão do texto da matéria: “As denúncias não são novas na cidade. Em 2003, o vereador Francisco Carneiro da Silva presidia uma CPI sobre o uso de verbas públicas e sofreu um atentado". ) Ora, mas se foi justamente o Totonho, que na época era vice-prefeito e tinha rompido com o prefeito Aldeny Farias, quem apoiou as investigações e articulou solidariedade e até proteção ao vereador. Como uma matéria pode insinuar de forma tão leviana. Pra mim, isso é crime.

Agora uma perguntinha está me azucrinando o juízo desde hoje cedo quando eu soube que a matéria tinha ido ao ar. O que levaria a Globo, que não se move se não for em função de seus interesses nem sempre confessáveis, a fazer uma reportagem sobre um cidadezinha de 28 mil habitantes, no interior do Ceará baseada em “denúncias” que não representam nenhuma novidade? Se há interesses locais, mesmo estaduais, por que a matéria não foi feita pelas emissoras daqui mesmo? Por que ocupar o horário de uma das “estrelas” da programação da Globo para veicular a denúncia?

Pra mim tem muito caroço nesse angu. A briga municipal, a disputa pela Prefeitura de Santana do Acaraú, é a motivação mais aparente, mas o fato do PCdoB viver a fase de maior expansão de seus 86 anos de história causa muitos incômodos. Até hoje tem gente que não aceita que os comunistas tenham eleito o Inácio Arruda como Senador do Ceará, que mais sete prefeitos ( Aquiraz, Araripe, Graça, Jucás, Maranguape, Piquet Carneiro e São Benedito) e dezenas de vereadores tenham se filiado ao partido, que o governador Cid Gomes tenha confiado ao João Ananias a tarefa de conduzir a Secretaria de Saúde do Estado e que o partido viva a expectativa de seu melhor desempenho eleitoral não apenas no Ceará, mas em todo país. É demais pra uma turminha que se achava dona do Ceará e também do Brasil.

É um período magnífico na história do PCdoB ( e eu me sinto muito honrado em viver esse momento histórico), mas num parece que vamos ter calmaria. Como afirmou o Sorrentino, do Comitê Central, “o partido passou a navegar em alto mar, onde as ondas são mais fortes e exigem mais habilidade para navegar”. Bom, num sei se ele falou literalmente assim, mas a idéia central é essa mesmo. Esse episódio de Santana do Acaraú é apenas uma preliminar do que ainda vamos encarar.

Um comentário:

Ana carolina disse...

Na verdade essa vai ser a primeira de muitas,pois a oposição está desesperada,procurando algo para fazer todo um escandalo contra a esquerda e principalmente o PCdoB,partido que ñ está envolvido com corrupção e que é um partido que defende os direitos dos mais pobres.que defende uma sociedade mais justa e fraterna.Como o PCdoB ñ defende os beneficios da burguesia e da elite,nem dessa oligarquia imunda que nos temos, ai o desespero da oposição é grande.Agora temos mais do que nunca prexionar o governo para a reforma dos meios de comunicação.REDEMOCRATIZAÇÃO DA MIDIA JÁ
Abração
Carol UNEGRO/UJS/EDUCAÇÃO FISICA UNIFOR